Filhos

Print Friendly, PDF & Email

Filhos (Ferreira Gullar)

Daqui escutei
quando eles
chegaram rindo
e correndo
entraram
na sala
e logo
invadiram também
o escritório
(onde eu trabalhava)
num alvoroço
e rindo e correndo
se foram
com sua alegria
se foram
Só então
me perguntei
por que
não lhes dera
maior
atenção
se há tantos
e tantos
anos
não os via
crianças
já que
agora
estão os três
com mais
de trinta anos.

Publicações relacionadas

Canto negro Canto negro (Nicolás Guillén) De Sóngoro cosongo ...
Como eu te amo Como eu te amo (Gonçalves Dias) Como se ama o silêncio, a luz, o aroma, O or...
Quadrilha Quadrilha (Carlos Drummond de Andrade) João amava Teresa que amava Raimundo ...
Horas vivas Horas vivas (Machado de Assis) Noite: abrem-se as flores . . . Que esplend...

Deixe uma resposta