Filhos

Print Friendly, PDF & Email

Filhos (Ferreira Gullar)

Daqui escutei
quando eles
chegaram rindo
e correndo
entraram
na sala
e logo
invadiram também
o escritório
(onde eu trabalhava)
num alvoroço
e rindo e correndo
se foram
com sua alegria
se foram
Só então
me perguntei
por que
não lhes dera
maior
atenção
se há tantos
e tantos
anos
não os via
crianças
já que
agora
estão os três
com mais
de trinta anos.

Publicações relacionadas

Canta no espaço a passarada e ... Canta no espaço a passarada e canta - Soneto (Augusto dos Anjos) Canta no esp...
Arte poética Arte poética (Mario Benedetti) Do livro "Per...
Cristais Cristais (Augusto dos Anjos) Mais claro e fino do que as finas pratas ...
Preceito 06 Preceito 06 (Gregório de Matos) Entremos pelos devotos do nefando Deus Cu...

Deixe uma resposta