Filhos

Print Friendly, PDF & Email

Filhos (Ferreira Gullar)

Daqui escutei
quando eles
chegaram rindo
e correndo
entraram
na sala
e logo
invadiram também
o escritório
(onde eu trabalhava)
num alvoroço
e rindo e correndo
se foram
com sua alegria
se foram
Só então
me perguntei
por que
não lhes dera
maior
atenção
se há tantos
e tantos
anos
não os via
crianças
já que
agora
estão os três
com mais
de trinta anos.

Publicações relacionadas

O menino que carregava água na... O menino que carregava água na peneira (Manoel de Barros) Tenho um livro sobr...
Andorinha Andorinha (Manuel Bandeira) Andorinha lá fora está dizendo: — "Passei o di...
Ao sol do meio-dia eu vi dormi... Ao sol do meio-dia eu vi dormindo - Soneto (Álvares de Azevedo) Ao sol do mei...
Ode ao Burguês Ode ao Burguês (Mário de Andrade) Eu insulto o burgês! O burguês-níquel, o ...

Deixe uma resposta