Florbela Espanca

Print Friendly, PDF & Email
Florbela Espanca (1894-1930)


POEMAS PUBLICADOS

BIOGRAFIA

Florbela de Alma Conceição Espanca (1894-1930) nasceu em Vila Viçosa e faleceu em Matosinhos. Estudou em Évora, onde concluiu em 1917 o curso liceal, matriculando-se na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. É por essa altura que publica as suas primeiras poesias. Tendo casado várias vezes e tendo sido em todas elas infeliz, começou a consumir estupefacientes. Só depois da sua morte é que a poetiza viria a ser conhecida do grande público, tendo contribuído para isso a publicação de Charneca em Flor (1930) pelo professor italiano Guido Batelli. Das suas obras destacam-se: Livro de Mágoas (1919), Livro de Sóror Saudade (1923), Charneca em Flor (1930), Reliquae (1931), A Máscara do Destino (1931) e Dominó Negro (contos, 1931).

Na Enciclopédia Larousse, esta poetisa é definida como «parnasiana, de intenso acento erótico feminino, sem precedentes na Literatura Portuguesa. A sua obra lírica, iniciada em 1919, com o Livro das Mágoas, antecipa em seu meio a emancipação literária da mulher»

Publicações relacionadas

Adolfo Casais Monteiro Adolfo Casais Monteiro (1908-1972) POEMAS PUBLICADOS Nasceu,...
Charles Pierre Baudelaire Charles Pierre Baudelaire (1821-1867) POEMAS PUBLICADOS Po...
Carlos Drummond de Andrade Carlos Drummond de Andrade (1902-1987) POEMAS PUBLICADOS B...
Milton Santos Milton Santos (1926-2001) PUBLICAÇÕES O baiano Milton Sant...

Deixe uma resposta