Os versos que te fiz

Print Friendly, PDF & Email

Os versos que te fiz (Florbela Espanca)

Deixa dizer-te os lindos versos raros
Que a minha boca tem pra te dizer !
São talhados em mármore de Paros
Cinzelados por mim pra te oferecer.

Têm dolência de veludos caros,
São como sedas pálidas a arder …
Deixa dizer-te os lindos versos raros
Que foram feitos pra te endoidecer !

Mas, meu Amor, eu não tos digo ainda …
Que a boca da mulher é sempre linda
Se dentro guarda um verso que não diz !

Amo-te tanto ! E nunca te beijei …
E nesse beijo, Amor, que eu te não dei
Guardo os versos mais lindos que te fiz!

Publicações relacionadas

A ponto de partir A ponto de partir (Ana Cristina Cesar) A ponto de partir, já sei que noss...
Lembrança de Morrer Lembrança de Morrer (Álvares de Azevedo) "No more! o never more!" ...
A miss X, enterrada em el vien... A miss X, enterrada em el viento del oeste (Rafael Alberti) ¡Ah, Miss X, M...
Paisagem Paisagem (Oswald de Andrade) Na atmosfera violeta A madrugada desbota Uma p...

Deixe uma resposta