Os versos que te fiz

Print Friendly, PDF & Email

Os versos que te fiz (Florbela Espanca)

Deixa dizer-te os lindos versos raros
Que a minha boca tem pra te dizer !
São talhados em mármore de Paros
Cinzelados por mim pra te oferecer.

Têm dolência de veludos caros,
São como sedas pálidas a arder …
Deixa dizer-te os lindos versos raros
Que foram feitos pra te endoidecer !

Mas, meu Amor, eu não tos digo ainda …
Que a boca da mulher é sempre linda
Se dentro guarda um verso que não diz !

Amo-te tanto ! E nunca te beijei …
E nesse beijo, Amor, que eu te não dei
Guardo os versos mais lindos que te fiz!

Publicações relacionadas

Pardalzinho Pardalzinho (Manuel Bandeira) O pardalzinho nasceu Livre. Quebraram-lhe a as...
Dispersão Dispersão (Mário de Sá Carneiro) Perdi-me dentro de mim Porque eu era labir...
Se Eu Morresse Amanhã! Se Eu Morresse Amanhã! (Alvares Azevedo) Se eu morresse amanhã, viria ao meno...
O convertido O convertido (Antero de Quental) ...

Deixe uma resposta