George Gordon Byron

George Gordon Byron (1788-1824)
George Gordon ByronLord George Noel Gordon Byron, poeta inglês, muito famoso graças à sua personalidade, sua vida aventurosa e à influência que sua poesia exerceu no movimento romântico em todo o mundo.

Nasceu em 22 de janeiro de 1788 e morreu em 19 de abril de 1824

É um nome lendário da literatura ocidental. Nobre, teve a educação esmerada de sua classe, e aos 19 anos publicou o primeiro livro, Hours of Idleness (“Horas da Indolência”, 1807), que se situou logo em posição de evidência e prestígio na vida literária. Caráter extravagante, de uma melancolia inata, de um agudo senso trágico, tudo o predestinava para exercer o papel excêntrico que teve no Romantismo. Em viagem de estudos pelo continente, de 1809 a 1811, sua personalidade amadureceu, e os lançamentos dos dois primeiros cantos de Child Harold trouxe-lhe um êxito notável na sociedade aristocrática da Inglaterra, criando, pela fusão do seu tipo excêntrico com a figura tenebrosa do personagem, o mito byroniano, misto de rebelde às leis e convenções, de orgulho individualista, de genialidade impetuosa e selvagem, de cinismo e tédio, de solidão moral e afetiva. Tornou-se moda a imitação deste tipo na aparência física e na atitude temperamental, o “byronismo”, ao qual se filia uma das correntes do romantismo ocidental.

A poesia de Byron, muito popular em seu tempo vai sofrer duras críticas posteriormente. Sua popularidade decorria de seu cunho rebelde em face dos preconceitos e da hipocrisia política, religiosa e moral; do seu caráter anticonvencional; da sedução exercida pelo herói byroniano, que é uma constante na sua obra; e também da facilidade, beleza e fluência de seus versos. Sobretudo a identificação que fazia de seus personagens com ele próprio, e a crença de que muitos episódios narrados eram baseados em fatos de sua vida, aumentava a atração que despertava. Um dos motivos dessa atração foi sua participação nas lutas patrióticas dos italianos e gregos. Byron morreu entre estes últimos, aumentando ainda mais sua aura lendária.

Além do Childe harold, completado em 1816 e 1818, os seus poemas mais famosos foram Beppo(1818) e principalmente Don Juan (1819-1824).

A figura literária e a poesia de Byron tiveram uma enorme repercussão na América Espanhola e no Brasil, onde o byronismo e o hugonismo foram as duas influências mais fortes na caracterização do Romantismo.

Baseado no texto da Enciclopédia Barsa

Poemas de George Gordon Byron: Filhos

Publicações relacionadas

Jorge Luis Borges Jorge Luis Borges (1899-1986) Em 24 de agosto de 1899 aos oito meses de gesta...
Ao Luar Ao Luar (Augusto dos Anjos) Quando, à noite, o Infinito se levanta A luz do ...
As Cismas do Destino As Cismas do Destino (Augusto dos Anjos) I Recife. Ponte Buarque de Macedo...
A Noite A Noite (Augusto dos Anjos) A nebulosidade ameaçadora Tolda o éter, mancha a...

Deixe uma resposta