Estado de ânimo

Print Friendly, PDF & Email

Estado de ânimo (Mario Benedetti)

Tradução

As vezes me sinto
como uma águia no ar
(de uma canção de Pablo Milanês)
outras vezes me sinto
como pobre colina
e outras como montanha
de picos repetidos
Algumas vezes me sinto
como um escarpado
e em outras como um céu
azul mais longe
as vezes sou
manancial entre pedras
e outras vezes uma árvore
com as últimas folhas
mas hoje me sinto apenas
como lagoa insone
como um porto
já sem embarcações
uma lagoa verde
imóvel e paciente
conformada com suas algas
seus musgos e seus peixes
sereno em minha confiança
acreditando que em uma tarde
te aproximes e te olhes
te olhes ao olhar-me.

Publicações relacionadas

Alegria Alegria (Arnaldo Antunes) eu vou te dar alegria eu vou parar de chorar eu...
Objeto de amar Objeto de amar (Adélia Prado) De tal ordem é e tão precioso o que devo dize...
Presa do ódio Presa do ódio (Cruz e Souza) Da tu'alma na funda galeria Descendo às vezes, ...
Autoretrato Autoretrato (Pablo Neruda) Por mi parte, soy o creo ser duro de nariz, mí...

Deixe uma resposta