Canto de regresso à patria

Print Friendly, PDF & Email

Canto de regresso à patria (Oswald de Andrade)

Minha terra tem palmares
Onde gorjeia o mar
Os pássaros daqui
Não cantam como os de lá
Minha terra tem mais rosas
E quase que mais amores
Minha terra tem mais ouro
Minha terra tem mais terra

Ouro terra amor e rosas
Eu quero tudo de lá
Não permita Deus que eu morra
Sem que volte para lá
Não permita Deus que eu morra
Sem que volte para São Paulo
Sem que veja a Rua 15
E o progresso de São Paulo

Publicações relacionadas

Precursores Precursores (Walt Whitman) Como são eles colocados sobre a terra (surgindo a...
Arte de Amar Arte de Amar (Thiago de Mello Não faço poemas como quem chora, nem faço ver...
O convertido O convertido (Antero de Quental) ...
Insânia de um Simples Insânia de um Simples (Augusto dos Anjos) Em cismas patológicas insanas, É-m...

Deixe uma resposta