Canto de regresso à patria

Print Friendly, PDF & Email

Canto de regresso à patria (Oswald de Andrade)

Minha terra tem palmares
Onde gorjeia o mar
Os pássaros daqui
Não cantam como os de lá
Minha terra tem mais rosas
E quase que mais amores
Minha terra tem mais ouro
Minha terra tem mais terra

Ouro terra amor e rosas
Eu quero tudo de lá
Não permita Deus que eu morra
Sem que volte para lá
Não permita Deus que eu morra
Sem que volte para São Paulo
Sem que veja a Rua 15
E o progresso de São Paulo

Publicações relacionadas

Ultima visão Ultima visão (Augusto dos Anjos) Quando o homem resgatado da cegueira Vir De...
Toada sem alcool Toada sem alcool (Mário de Andrade) ... Ninguém sabe da solitude Que enche ...
A morte absoluta A morte absoluta (Manuel Bandeira) Morrer. Morrer de corpo e de alma. Compl...
Preceito 01 Preceito 01 (Gregório de Matos) Que de quilombos que tenho com mestres su...

Deixe uma resposta