Cidade

Print Friendly, PDF & Email

Cidade (Oswald de Andrade)

Foguetes pipocam o céu quando em quando
Há uma moça magra que entrou no cinema
Vestida pela última fita
Conversas no jardim onde crescem bancos
Sapos
Olha
A iluminação é de hulha branca
Mamães estão chamando
A orquestra rabecoa na mata.

Publicações relacionadas

Com cuidado eu examino Com cuidado eu examino (Bertold Brecht) Com cuidado examino Meu plano: ele é...
Cancion del mariquita Cancion del mariquita (Federico Garcia Lorca) El mariquita se peina en su p...
A Obsessão do Sangue A Obsessão do Sangue (Augusto dos Anjos) Acordou, vendo sangue... — Horrível!...
Noiturno do Adoescente Morto Noiturno do Adoescente Morto (Federico Garcia Lorca) Seis Poemas Galegos (193...

Deixe uma resposta