Octavio Paz

Octavio Paz (1914-1998)

Octavio Paz nasceu na cidade do México em 1914. Publicou seus primeiros poemas e ensaios em 1931 e, a partir de então além de poesia, escreveu livros sobre poética, antropologia, arte, história, biografia, crítica política e literária, traduzidos a uma trintena de idíomas, que sirviram de base para a reflexão e discussão no mundo todo. Recebeu, entre outros, o Prêmio Príncipe de Asturias, o Prêmio Cervantes, o Alexis de Tocqueville e, em 1990, o Prêmio Nobel. “por sua escrita apaixonada e de amplos horizontes, caracterizada por uma inteligência sensual e a integridade de seu humanismo”. Octavio Paz morreu em sua cidade natal em 19 de abril de 1998.

Publicações relacionadas

Oscar Wilde Oscar Wilde (1854-1900) Oscar Fingal O'Flahertie Wills Wilde, nasceu em 16 ...
A Um Mascarado A Um Mascarado (Augusto dos Anjos) Rasga esta máscara ótima de seda E atira-...
A Um Gérmen A Um Gérmen (Augusto dos Anjos) Começaste a existir, geléia crua, E hás de c...
Glória Glória (Cruz e Souza) Florescimentos e florescimentos! Glória às estrelas, g...

Deixe uma resposta