Vice versa

Print Friendly, PDF & Email

Vice versa (Mario Benedetti)

Tenho medo de ver-te
necessidade de ver-te
esperanças de ver-te
mágoa de ver-te
tenho vontade de achar-te
preocupações de achar-te
certezas de achar-te
pobres dúvidas de achar-te
tenho urgência de ouvir-te
alegria de ouvir-te
boa sorte de ouvir-te
e temores de ouvir-te
ou seja
resumindo
estou fodido
e radiante
talvez mais o primeiro
que o segundo
e também
vice versa.

Publicações relacionadas

Os dois horizontes Os dois horizontes(Machado de Assis) A M. Ferreira Guimarães Dous ...
Pepa Pepa (Antero de Quental) Dá-me pois olhos e lábios; Da-me os seios, da-me o...
Canto a mim mesmo Canto a mim mesmo (Walt Whitman) ... Existo como sou, isso é o que basta: ...
Sete poemas portugueses (3) Sete poemas portugueses (3) (Ferreira Gullar) Vagueio campos noturnos Muros...

Deixe uma resposta