Diferente

Print Friendly, PDF & Email

Diferente (Arnaldo Antunes)

tá tudo tão diferente
eles são tão parecidos mas não como nós
eles falam outra língua pela nossa voz
eles são tão bonitos
mas não são como a gente
eles vêm de muito antes que nossos avós
eles fazem companhia mas estamos sós
tá tudo tão diferente
eles são de carne e osso mas não têm suor
eles tem os olhos grandes para ver melhor
eles têm a boca grande

Publicações relacionadas

Ao Luar Ao Luar (Augusto dos Anjos) Quando, à noite, o Infinito se levanta A luz do ...
Samba – canção Samba-canção (Ana Cristina Cesar) Tantos poemas que perdi. Tantos que ouvi, ...
Meu Deus, me dê a coragem Meu Deus, me dê a coragem (Clarice Lispecto) Meu Deus, me dê a coragem de ...
Vencedor Vencedor (Augusto dos Anjos) Toma as espadas rútilas, guerreiro, E á rutilâ...

Deixe uma resposta