Diferente

Print Friendly, PDF & Email

Diferente (Arnaldo Antunes)

tá tudo tão diferente
eles são tão parecidos mas não como nós
eles falam outra língua pela nossa voz
eles são tão bonitos
mas não são como a gente
eles vêm de muito antes que nossos avós
eles fazem companhia mas estamos sós
tá tudo tão diferente
eles são de carne e osso mas não têm suor
eles tem os olhos grandes para ver melhor
eles têm a boca grande

Publicações relacionadas

Criança Desconhecida Criança Desconhecida (Alberto Caeiro) Criança desconhecida e suja brincando ...
Siderações Siderações (Cruz e Souza) Para as Estrelas de cristais gelados As...
Quando analiso a conquistada f... Quando analiso a conquistada fama (Walt Whitman) Quando analiso a conquistad...
O cavalo baloiço vencedor O cavalo baloiço vencedor (David Hebert Lawrence) Havia uma mulher que er...

Deixe uma resposta