O elefante

Print Friendly, PDF & Email

O elefante (Arnaldo Antunes)

Tromba o elefante é o único animal que
tem. Língua quase todos, rabo também.
Casco a tartaruga e o cavalo têm. Man-
cha os cachorros, os gatos, os animais
malhados. Também há pássaros e peixes
manchados. No ar, no mar e nos prados.
Bico as aves e outros que bicam. Pintas
a onça e o homem. Fome todos ele têm.
Mais do que dois olhos ninguém. Fogo
a enguia o dragão e a taturana. Trans-
parência a água-viva e o grilo sobre a
grama. Saco o boi teve. Vaca não tinha
Cloaca a cobra, o cágado, a galinha.
Quatro patas o hipopótamo e o camelo
e o leão e o urso e o canguru têm pelo.
Oito patas a aranha e a centopéia cem. A
égua, a mulher, a cadela trompa têm.
Mas tromba o elefante é o único afinal
que têm.

Publicações relacionadas

Tabacaria Tabacaria (Álvaro de Campos) Não sou nada. Nunca serei nada. Não posso qu...
Glória moribunda Glória moribunda (Álvares de Azevedo) ...
El sur El sur (Jorge Luis Borges) Desde uno de tus patios haber mirado las antiguas...
Budismo Moderno Budismo Moderno (Augusto dos Anjos) Tome, Dr., esta tesoura e... corte Minha...

Deixe uma resposta