O elefante

Print Friendly, PDF & Email

O elefante (Arnaldo Antunes)

Tromba o elefante é o único animal que
tem. Língua quase todos, rabo também.
Casco a tartaruga e o cavalo têm. Man-
cha os cachorros, os gatos, os animais
malhados. Também há pássaros e peixes
manchados. No ar, no mar e nos prados.
Bico as aves e outros que bicam. Pintas
a onça e o homem. Fome todos ele têm.
Mais do que dois olhos ninguém. Fogo
a enguia o dragão e a taturana. Trans-
parência a água-viva e o grilo sobre a
grama. Saco o boi teve. Vaca não tinha
Cloaca a cobra, o cágado, a galinha.
Quatro patas o hipopótamo e o camelo
e o leão e o urso e o canguru têm pelo.
Oito patas a aranha e a centopéia cem. A
égua, a mulher, a cadela trompa têm.
Mas tromba o elefante é o único afinal
que têm.

Publicações relacionadas

Quase Quase (Mário de Sá Carneiro) Um pouco mais de sol - eu era brasa, Um pouco m...
Mãos Mãos (Augusto dos Anjos) Há mãos que fazem medo Feias agregações pentagonai...
Pecadora Pecadora (Augusto dos Anjos) Arte ingrata! E conquanto, em desalento, A órb...
Apostrofe à Carne Apostrofe à Carne (Augusto dos Anjos) Quando eu pego nas carnes do meu rosto....

Deixe uma resposta