Minha terra tem palmares

Print Friendly, PDF & Email

Minha terra tem palmares (Oswald de Andrade)

Minha terra tem palmares
Onde gorjeia o mar
Os passarinhos daqui
Não cantam como os de lá
Minha terra tem mais rosas
E quase que mais amores
Minha terra tem mais ouro
Minha terra tem mais terra
Ouro terra amor e rosas
Eu quero tudo de lá
Não permita Deus que eu morra
Sem que volte para lá
Não permita Deus que eu morra
Sem que volte pra São Paulo
Sem que veja a Rua 15
E o progresso de São Paulo.

Publicações relacionadas

O rio O rio (João Cabral de Melo Neto) ou relação da viagem que faz o Capibaribe...
A Cachoeira A Cachoeira (Castro Alves) MAS SÚBITO da noite no arrepio Um mugido soturno ...
Um sentido para a vida Um sentido para a vida - trechos do livro (Antoine de Saint-Exupéry) Trechos ...
Aurora Aurora (Adolfo Casais Monteiro) A poesia não é voz - é uma inflexão. Dizer,...

Deixe uma resposta