Abat-Jour

Print Friendly, PDF & Email

Abat-Jour (Fernando Pessoa)

A lâmpada acesa
(Outrem a acendeu)
Baixa uma beleza

Sobre o chão que é meu.
No quarto deserto
Salvo o meu sonhar,
Faz no chão incerto
Um círculo a ondear.

E entre a sombra e a luz
Que oscila no chão
Meu sonho conduz
Minha inatenção.

Bem sei … Era dia
E longe de aqui…
Quanto me sorria
O que nunca vi!

E no quarto silente
Com a luz a ondear
Deixei vagamente
Até de sonhar…

Publicações relacionadas

Cantigas Leva-as o Vento…... Cantigas Leva-as o Vento... (Florbela Espanca) A lembrança dos teus beijos I...
Eu Eu (Paulo Leminski) eu quando olho nos olhos sei quando uma pessoa e...
Uma Gargalhada Uma Gargalhada (Alberto Caeiro) Uma Gargalhada de rapariga soa do ar da es...
A muralha A muralha (Nicolás Guillén) “La ...

Deixe uma resposta