Ai, Jesus!

Print Friendly, PDF & Email

Ai, Jesus! (Álvares de Azevedo)

Ai, Jesus! Não vês que gemo,
Que desmaio de paixão
Pelos teus olhos azuis?
Que empalideço, que tremo,
Que me expira o coração?
Ai, Jesus!

Que por um olhar, donzela,
Eu poderia morrer
Dos teus olhos pela luz?
Que morte! Que morte bela!
Antes seria viver!
Ai, Jesus!

Que por um beijo perdido
Eu de gozo morreria
Em teus níveos seios nus?
Que no oceano dum gemido
Minh’alma se afogaria?
Ai, Jesus!

Publicações relacionadas

Romance de la luna, luna Romance de la luna, luna (Federico Garcia Lorca) En la mitad del barranco la...
O engenho de Seu Lula O engenho de Seu Lula (José Lins do Rego) Trecho do livro "Fogo Morto" Che...
Quero fazer os poemas das cois... Quero fazer os poemas das coisas materiais (Walt Whitman) Quero fazer os poem...
De la ciudad moruna De la ciudad moruna (Antonio Machado) De la ciudad moruna tras las murallas ...

Deixe uma resposta