Reflexão no.1

Print Friendly, PDF & Email

Reflexão no.1 (Murilo Mendes)

Ninguém sonha duas vezes o mesmo sonho
Ninguém se banha duas vezes no mesmo rio
Nem ama duas vezes a mesma mulher.
Deus de onde tudo deriva
E a circulação e o movimento infinito.

Ainda não estamos habituados com o mundo
Nascer é muito comprido.

Publicações relacionadas

Sou um caso perdido Sou um caso perdido (Mario Benedetti) Do liv...
O amigo dedicado O amigo dedicado (Oscar Wilde) por Oscar Wilde Certa manhã o velho Rato d'...
A la muerte de Rubén Darío A morte de Rubén Darío (Antonio Machado) Si era toda en tu verso la armonía d...
Curriculum Curriculum (Mario Benedetti) El cuento es muy sencillo usted nace contemp...

Deixe uma resposta