Reflexão no.1

Print Friendly, PDF & Email

Reflexão no.1 (Murilo Mendes)

Ninguém sonha duas vezes o mesmo sonho
Ninguém se banha duas vezes no mesmo rio
Nem ama duas vezes a mesma mulher.
Deus de onde tudo deriva
E a circulação e o movimento infinito.

Ainda não estamos habituados com o mundo
Nascer é muito comprido.

Publicações relacionadas

Intimidad Intimidad (Mario Benedetti) Soñamos juntos juntos despertamos el tiempo h...
Começo a conhecer-me. Não exis... Começo a conhecer-me. Não existo. (Álvaro de Campos) Começo a conhecer-me. Nã...
O descalabro a ócio e estrelas... O descalabro a ócio e estrelas... (Álvaro de Campos) O descalabro a ócio e es...
Em sonhos… Em sonhos... (Cruz e Souza) Nos Santos óleos do luar, floria Teu ...

Deixe uma resposta