O Utopista

Print Friendly, PDF & Email

O Utopista (Murilo Mendes)

Ele acredita que o chão é duro
Que todos os homens estão presos
Que há limites para a poesia
Que não há sorrisos nas crianças
Nem amor nas mulheres
Que só de pão vive o homem
Que não há um outro mundo.

Publicações relacionadas

O que diz a morte O que diz a morte (Antero de Quental) Deixai-os vir a mim, os que lidaram; D...
Erro de português Erro de português (Oswald de Andrade) Quando o português chegou Debaixo de u...
Anseio Anseio (Augusto dos Anjos) Quem sou eu, neste ergástulo das vidas Danadament...
O dilúvio O dilúvio(Machado de Assis) E caiu a chuva sobre a terra quarenta dias e q...

Deixe uma resposta