Trem de ferro

Print Friendly, PDF & Email

Trem de ferro (Manuel Bandeira)

Café com pão
Café com pão
Café com pão

Virge Maria que foi isso maquinista?

Agora sim
Café com pão
Agora sim
Voa, fumaça
Corre, cerca
Ai seu foguista
Bota fogo
Na fornalha
Que eu preciso
Muita força
Muita força
Muita força
(trem de ferro, trem de ferro)

Oô…
Foge, bicho
Foge, povo
Passa ponte
Passa poste
Passa pasto
Passa boi
Passa boiada
Passa galho
Da ingazeira
Debruçada
No riacho
Que vontade
De cantar!
Oô…
(café com pão é muito bom)

Quando me prendero
No canaviá
Cada pé de cana
Era um oficiá
Oô…
Menina bonita
Do vestido verde
Me dá tua boca
Pra matar minha sede
Oô…
Vou mimbora vou mimbora
Não gosto daqui
Nasci no sertão
Sou de Ouricuri
Oô…

Vou depressa
Vou correndo
Vou na toda
Que só levo
Pouca gente
Pouca gente
Pouca gente…
(trem de ferro, trem de ferro)

Manuel Bandeira in “Estrela da Manhã” 1936

Publicações relacionadas

Não digas nada! Não digas nada! (Fernando Pessoa) Não digas nada! Nem mesmo a verdade Há ...
Canção Boba Canção Boba (Federico Garcia Lorca) Tradução de José Paulo Paes Mamãe, E...
Ali Ali (Paulo Leminski) ali só ali se se alice ali se visse quan...
Arte poética Arte poética (Paul Verlaine) A Charles Mori...

Deixe uma resposta