Poema do beco

Print Friendly, PDF & Email

Poema do beco (Manuel Bandeira)

Que importa a paisagem, a Glória, a baía, a linha do horizonte?
— O que eu vejo é o beco

Publicações relacionadas

Ontem à Tarde Ontem à Tarde (Alberto Caeiro) De O...
Canciones XXXVIII Canciones XXXVIII (Antonio Machado) Abril florecía frente a mi ventana. ...
Vozes de um Túmulo Vozes de um Túmulo (Augusto dos Anjos) Morri! E a Terra — a mãe comum — o br...
Arte poética Arte poética (Mario Benedetti) Do livro "Per...

Deixe uma resposta