Poema do beco

Print Friendly, PDF & Email

Poema do beco (Manuel Bandeira)

Que importa a paisagem, a Glória, a baía, a linha do horizonte?
— O que eu vejo é o beco

Publicações relacionadas

Canção Boba Canção Boba (Federico Garcia Lorca) Tradução de José Paulo Paes Mamãe, E...
Pecadora Pecadora (Augusto dos Anjos) Arte ingrata! E conquanto, em desalento, A órb...
A invenção de um modo A invenção de um modo (Adélia Prado) Entre paciência e fama quero as duas, ...
O espectro O espectro (Charles Pierre Baudelaire) Tradução de Theophilo Dias Como es...

Deixe uma resposta