Poema do beco

Print Friendly, PDF & Email

Poema do beco (Manuel Bandeira)

Que importa a paisagem, a Glória, a baía, a linha do horizonte?
— O que eu vejo é o beco

Publicações relacionadas

Só (Florbela Espanca) Eu tenho pena da Lua! Tanta pena, coitadinha, Quando ...
A rosa de Albert, que tocaba, ... A rosa de Albert, que tocaba, pensativa, el arpa (siglo XX) (Rafael Alberti) ...
Adeus, Meus Sonhos! Adeus, Meus Sonhos! (Álvares de Azevedo) Adeus, meus sonhos, eu pranteio e mo...
Silêncio!… Silêncio!... (Florbela Espanca) No fadário que é meu, neste penar, Noite alt...

Deixe uma resposta