Aqui onde se espera

Print Friendly, PDF & Email

Aqui onde se espera (Fernando Pessoa)

Aqui onde se espera
– Sossego, só sossego –
Isso que outrora era,

Aqui onde, dormindo,
-Sossego, só sossego-
Se sente a noite vindo,

E nada importaria
-Sossego, só sossego-
Que fosse antes o dia,

Aqui, aqui estarei
-Sossego, só sossego –
Como no exílio um rei,

Gozando da ventura
– Sossego, só sossego –
De não ter a amargura

De reinar, mas guardando
– Sossego, só sossego –
O nome venerando…

Que mais quer quem descansa
– Sossego, só sossego –
Da dor e da esperança,

Que ter a negação
– Sossego, só sossego –
De todo o coração ?

Publicações relacionadas

O Mar, a Escada e o Homem O Mar, a Escada e o Homem (Augusto dos Anjos) O mar é triste como um cemitéri...
Intimidades Intimidades (Charles Pierre Baudelaire) ...
Autoretrato Autoretrato (Pablo Neruda) Por mi parte, soy o creo ser duro de nariz, mí...
Curriculum Curriculum (Mario Benedetti) El cuento es muy sencillo usted nace contemp...

Deixe uma resposta