Carta ao Acaso

Print Friendly, PDF & Email

Carta ao Acaso (Paulo Leminski)

a carta do baralho
grande gilete
corta sem barulho
o olho do valete
o rei a fio de espada
a água e a farinha
uma só passada
a espada na rainha.

Publicações relacionadas

Triste Regresso Triste Regresso (Augusto dos Anjos) Uma vez um poeta, um tresloucado, Apaixo...
Espiritualismo Espiritualismo (Antero de Quental) ...
Do inquieto oceano da multidão... Do inquieto oceano da multidão (Walt Whitman) Do inquieto oceano da multidão ...
Alturas de Macchu Picchu Alturas de Macchu Picchu (Pablo Neruda) Del aire al aire, como una red vacía,...

Deixe uma resposta