Carta ao Acaso

Print Friendly, PDF & Email

Carta ao Acaso (Paulo Leminski)

a carta do baralho
grande gilete
corta sem barulho
o olho do valete
o rei a fio de espada
a água e a farinha
uma só passada
a espada na rainha.

Publicações relacionadas

A Um Mascarado A Um Mascarado (Augusto dos Anjos) Rasga esta máscara ótima de seda E atira-...
A Serra do Rola-Moça A Serra do Rola-Moça (Mário de Andrade) A Serra do Rola-Moça Não tinha esse ...
Não digas nada! Não digas nada! (Fernando Pessoa) Não digas nada! Nem mesmo a verdade Há ...
A esmola da Dulce A esmola da Dulce (Augusto dos Anjos) E todo o dia eu vou como um perdido De...

Deixe uma resposta