O Suicida

Print Friendly, PDF & Email

O Suicida (Jorge Luis Borges)

Tradução

Não restará na noite uma estrela.
Não restará a noite.
Morrerei e comigo a soma
Do intolerável universo.
Apagarei a acumulação do passado.
Farei pó a história, pó e pó.
Estou olhando o último poente.
Ouço o último pássaro.
Deixo nada para ninguém.

Publicações relacionadas

Cantada Cantada (Ferreira Gullar) Você é mais bonita que uma bola prateada De papel...
Folhas de Rosa Folhas de Rosa (Florbela Espanca) Todas as prendas que me deste, um dia, Gua...
Certa vez numa cidade Certa vez numa cidade (Walt Whitman) Certa vez eu passei por uma cidade bem ...
Satã Satã (Cruz e Souza) Capro e revel, com os fabulosos cornos Na fro...

Deixe uma resposta