Um homem com uma dor

Print Friendly, PDF & Email

Um homem com uma dor (Paulo Leminski)

um homem com uma dor
é muito mais elegante
caminha assim de lado
como se chegando atrasado
andasse mais adiante

carrega o peso da dor
como se portasse medalhas
uma coroa um milhão de dólares
ou coisa que os valha

ópios édens analgésicos
não me toquem nessa dor
ela é tudo que me sobra
sofrer, vai ser minha última obra.

Publicações relacionadas

Explicação de poesia sem ningu... Explicação de poesia sem ninguém pedir (Adélia Prado) Um trem-de-ferro é uma ...
Pouco a Pouco Pouco a Pouco (Alberto Caeiro) Pouco a pouco o campo se alarga e se doura. ...
Eu, eu mesmo… Eu, eu mesmo... (Álvaro de Campos) Eu, eu mesmo... Eu, cheio de todos os can...
Vintém de Cobre Vintém de Cobre (Cora Coralina) (Freudian...

Deixe uma resposta