Um homem com uma dor

Print Friendly, PDF & Email

Um homem com uma dor (Paulo Leminski)

um homem com uma dor
é muito mais elegante
caminha assim de lado
como se chegando atrasado
andasse mais adiante

carrega o peso da dor
como se portasse medalhas
uma coroa um milhão de dólares
ou coisa que os valha

ópios édens analgésicos
não me toquem nessa dor
ela é tudo que me sobra
sofrer, vai ser minha última obra.

Publicações relacionadas

Num Meio-Dia de Fim de Primave... Num Meio-Dia de Fim de Primavera (Alberto Caeiro) ...
A ponto de partir A ponto de partir (Ana Cristina Cesar) A ponto de partir, já sei que noss...
Como Bem Sei Como Bem Sei (Bertold Brecht) Como bem sei Os impuros viajam para o inferno ...
Mote Mote (Gregório de Matos) De dous ff se compõe esta cidade a meu ver ...

Deixe uma resposta