Não discuto

Print Friendly, PDF & Email

Não discuto (Paulo Leminski)

não discuto
com o destino

o que pintar
eu assino.

Publicações relacionadas

Vozes de um Túmulo Vozes de um Túmulo (Augusto dos Anjos) Morri! E a Terra — a mãe comum — o br...
A la muerte de Rubén Darío A morte de Rubén Darío (Antonio Machado) Si era toda en tu verso la armonía d...
A ponto de partir A ponto de partir (Ana Cristina Cesar) A ponto de partir, já sei que noss...
Ofélia Ofélia (Arthur Rimbaud) Tradução de Jorge Wanderley ...

Deixe uma resposta