As coisas

Print Friendly, PDF & Email

As coisas (Arnaldo Antunes)

As coisas têm peso,
massa,
volume,
tamanho,
tempo,
forma,
cor,
posição,
textura,
duração,
densidade,
cheiro,
valor,
consistência,
profundidade,
contorno,
temperatura,
função,
aprência,
preço,
destino,
idade,
sentido.
As coisas não têm paz.

Publicações relacionadas

Elegia ao primeiro amigo Elegia ao primeiro amigo (Vinicius de Moraes ( ... ) Serei delicado. Sou mu...
Não te salves Não te salves (Mario Benedetti) Não fiques parado a beira do caminho, não c...
Poemas breves Poemas breves (Mário Quintana) O luar O luar, é a luz do Sol que está son...
Aqui onde se espera Aqui onde se espera (Fernando Pessoa) Aqui onde se espera - Sossego, só sos...

Deixe uma resposta