Beatrice

Print Friendly, PDF & Email

Beatrice (Antero de Quental)

Nem visao, nem real: amor! amor somente!…
Pois quem sabe o que diz esta palavra – amor – ?
Quando deixa cair no peito esta semente,
Diz o que ha-de brotar, acaso, o Deus-Senhor

Somente amor… Somente?! e pouco esta palavra? Duas silabas
so – em pouco um mundo esta –
Loucos! mas, quando o amor se expande, e cresce, e lavra,
Bem como incendio a arder, tao pouco inda sera?

Gota, que alaga o mundo! atomo, e apos, colosso!
Mas este nada ou mundo, a mim quem mo aqui pos!
Foi Deus! de Deus me vem… e a Deus medir nao posso:
E imenso o que vem dele… os nadas somos nos.

E o nada, que me abriu no peito e, feito imenso,
O encheu, bem como um vaso, abrindo, encheu a flor,
Ha-de alagar teu peito e ser do templo incenso…
Mulher! has-de escutar, que eu vou falar d’amor!

Falar d’amor?!… se ele e como uma essencia,
Que nos perfuma, sem se ver de donde…
Se ele e como o sorriso da inocencia,
Que inda se ignora e, p’ra sorrir, se esconde…

Se e o sonho das noites vaporoso,
Que anda no ar, sem que possamos ve-lo…
Se e a concha no oceano caprichoso,
Se e das ondas do mar ligeiro velo…

Se e suspiro, que oculto se descerra,
Se escuta, mas se ignora de que banda…
Se e estrela, que manda a luz a terra,
Sem se ver de que paramos a manda…

Se e sonho, que sonhamos acordado…
Suspiro, que soltamos sem senti-lo…
Sopro que vai dum lado a outro lado…
Sopro ou sonho, quem pode repeti-lo?

Falar do amor… do amor! o sempre-mudo!
Se e segredo entre dois, como dize-lo,
Sem divulga-lo, sem que o ouca tudo?
Se e misterio encoberto, como ve-lo?…

Publicações relacionadas

Lacrimae rerum Lacrimae rerum (Antero de Quental) ...
Preceito 06 Preceito 06 (Gregório de Matos) Entremos pelos devotos do nefando Deus Cu...
En coulliure En coulliure (Antonio Machado) Soplaban vientos del sur y el hombre emprendi...
Andei léguas de sombra Andei léguas de sombra (Fernando Pessoa) Andei léguas de sombra Dentro em...

Deixe uma resposta