À Beira do Abismo e do Infinito

Print Friendly, PDF & Email

À Beira do Abismo e do Infinito (Castro Alves)

A celeste Africana, a Virgem-Noite
Cobria as faces… Gota a gota os astros
Caíam-se das mãos no peito seu…
… Um beijo infindo suspirou nos ares…

…………………………………….

A canoa rolava!… Abriu-se a um tempo
O precipício!… e o céu!…

Publicações relacionadas

No te salves No te salves (Mario Benedetti) No te quedes inmóvil al borde del camino, no...
Canção – XXXVIII (T) Canção - XXXVIII (Antonio Machado) ...
Sou um Guardador de Rebanhos Sou um Guardador de Rebanhos (Alberto Caeiro) ...
Se eu fosse um padre Se eu fosse um padre (Mário Quintana) Tão lenta e serena e bela e majestosa [v...

Deixe uma resposta