Canción del jinete

Print Friendly, PDF & Email

Canción del jinete (Federico Garcia Lorca)

Córdoba.
Lejana y sola.

Jaca negra, luna grande,
y aceitunas en mi alforja.
Aunque sepa los caminos
yo nunca llegaré a Córdoba.

Por el llano, por el viento,
jaca negra, luna roja.
La muerte me está mirando
desde las torres de Córdoba.

¡Ay qué camino tan largo!
¡Ay mi jaca valerosa!
¡Ay que la muerte me espera,
antes de llegar a Córdoba!

Córdoba.
Lejana y sola

Publicações relacionadas

Enquanto eu lia o livro Enquanto eu lia o livro (Walt Whitman) Enquanto eu lia o livro, a famosa bio...
Às vezes com as pessoas a quem... Às vezes com as pessoas a quem amo (Walt Whitman) Às vezes com as pesoas a qu...
O que Nós Vemos O que Nós Vemos (Alberto Caeiro) De...
A Você A Você (Walt Whitman) Tradução de Mário Ferreira...

Deixe uma resposta