Distâncias mínimas

Print Friendly, PDF & Email

Distâncias mínimas (Paulo Leminski)

um texto morcego
se guia por ecos
um texto texto cego
um eco anti anti anti antigo
um grito na parede rede rede
volta verde verde verde
com mim com com consigo
ouvir é ver se se se se se
ou se se me lhe te sigo?

Publicações relacionadas

Minha Desgraça Minha Desgraça (Álvares de Azevedo) Minha desgraça não é ser poeta, Nem na t...
Noite carioca Noite carioca (Ana Cristina Cesar) Diálogo de surdos, não: amistoso no frio. ...
A Um Gérmen A Um Gérmen (Augusto dos Anjos) Começaste a existir, geléia crua, E hás de c...
Silêncio!… Silêncio!... (Florbela Espanca) No fadário que é meu, neste penar, Noite alt...

Deixe uma resposta