Dos milagres

Print Friendly, PDF & Email

Dos milagres (Mário Quintana)

O milagre não é dar vida ao corpo extinto,
Ou luz ao cego, ou eloquência ao mudo…
Nem mudar água pura em vinho tinto…
Milagre é acreditarem nisso tudo!

Publicações relacionadas

Se Se (Paulo Leminski) se nem for terra se trans for mar.
Afra Afra (Cruz e Souza) Ressurges dos mistérios da luxúria, Afra, ten...
um bom poema um bom poema (Paulo Leminski) leva anos cinco jogando bola, mais cinco estu...
Vesperal Vesperal (Cruz e Souza) Tardes de ouro para harpas dedilhadas Por...

Deixe uma resposta