Dos milagres

Print Friendly, PDF & Email

Dos milagres (Mário Quintana)

O milagre não é dar vida ao corpo extinto,
Ou luz ao cego, ou eloquência ao mudo…
Nem mudar água pura em vinho tinto…
Milagre é acreditarem nisso tudo!

Publicações relacionadas

Lua Lua (Cruz e Souza) Clâmides frescas, de brancuras frias, Finíssim...
Um cinturão Um cinturão (Graciliano Ramos) As minhas primeiras relações com a justiça for...
A Um Epilético A Um Epilético (Augusto dos Anjos) Perguntarás quem sou?! — ao suor que te un...
O impossível carinho O impossível carinho (Mário de Andrade) Escuta, eu não quero contar-te o meu ...

Deixe uma resposta