Gozo insatisfeito

Print Friendly, PDF & Email

Gozo insatisfeito (Augusto dos Anjos)

Entre o gozo que aspiro, e o sofrimento
De minha mocidade, experimento
O mais profundo e abalador atrito…
Queimam-me o peito cáusticos de fogo
Esta ânsia de absoluto desafogo
Abrange todo o círculo infinito.

Na insaciedade desse gozo falho
Busco no desespero do trabalho,
Sem um domingo ao menos de repouso,
Fazer parar a máquina do instinto,
Mas, quanto mais me desespero, sinto
A insaciabilidade desse gozo!

Publicações relacionadas

Encruzilhada Encruzilhada (Federico Garcia Lorca) Tradução de Fernando Correia da Silva ...
Beatrice Beatrice (Antero de Quental) Nem visao, nem real: amor! amor somente!... Poi...
Pero Vaz de Caminha Pero Vaz de Caminha (Oswald de Andrade) a descoberta Seguimos nosso caminho ...
O que aconteceu comigo O que aconteceu comigo (Vladmir Maiakowski) Tradu...

Deixe uma resposta