A uma que lhe chamou pica-flor

Print Friendly, PDF & Email

A uma que lhe chamou pica-flor (Gregório de Matos)

Se Pica-flor me chamais
Pica-flor aceito ser
mas resta agora saber
se no nome que me dais
meteis a flor que guardais
no passarinho melhor.
Se me dais este favor
sendo só de mim o Pica
e o mais vosso, claro fica
que fico então Pica-flor.

Publicações relacionadas

Círculo Círculo (Adélia Prado) Na sala de janta da pensão tinha um jogo de taças ro...
Infeliz Infeliz (Augusto dos Anjos) Alma viúva das paixões da vida, Tu que, na estra...
Elegia Elegia (Nicolás Guillén) De "El ...
A la muerte de Rubén Darío A morte de Rubén Darío (Antonio Machado) Si era toda en tu verso la armonía d...

Deixe uma resposta