Na Morte De Um Combatente Da Paz

Print Friendly, PDF & Email

Na Morte De Um Combatente Da Paz (Bertold Brecht)

Á memória de Carl von Ossietzky
Aquele que não cedeu
Foi abatido
O que foi abatido
Não cedeu.
A boca do que preveniu
Está cheia de terra.
A aventura sangrenta
Começa.
O túmulo do amigo da paz
É pisoteado por batalhões.
Então a luta foi em vão?
Quando é abatido o que não lutou só
O inimigo Ainda não venceu.

Publicações relacionadas

Toda a cidade derrota Toda a cidade derrota (Gregório de Matos) Toda a cidade derrota esta fome ...
Agregado infeliz de sangue e c... Agregado infeliz de sangue e cal... (Augusto dos Anjos) Consulto o Phtah-Hote...
No corpo feminino, esse retiro No corpo feminino, esse retiro (Carlos Drummond de Andrade) No corpo feminino...
Los hombres Los hombres (Pablo Neruda) Como la copa de la arcilla era la raza mineral, ...

Deixe uma resposta