Estou Doente

Print Friendly, PDF & Email

Estou Doente (Alberto Caeiro)

Estou doente. Meus pensamentos começam a estar confusos
Mas o meu corpo, tirado às cousas, entra nelas.
Sinto-me parte das cousas com ………………………..
E uma grande libertação começa a fazer-se em mim,
Uma grande alegria solene como a de eu estar vem
…segue um verso ilegível.

Publicações relacionadas

Passei Toda a Noite Passei Toda a Noite (Alberto Caeiro) Passei toda a noite, sem dormir...
Aquela Senhora tem um Piano Aquela Senhora tem um Piano (Alberto Caeiro) ...
Mistérios de um Fósforo Mistérios de um Fósforo (Augusto dos Anjos) Pego de um fósforo. Olho-o. Olh...
As vogais As vogais (Arthur Rimbaud) Tradução de Celso Vieira A negro, E, branco, ...

Deixe uma resposta