As minhas Ansiedades

Print Friendly, PDF & Email

As minhas Ansiedades (Fernando Pessoa)

As minhas ansiedades caem
Por uma escada abaixo.
Os meus desejos balouçam-se
Em meio de um jardim vertical.
Na Múmia a posição é absolutamente exata.

Música longínqua,
Música excessivamente longínqua,
Para que a Vida passe
E colher esqueça aos gestos.

Publicações relacionadas

Galo Galo Galo Galo (Ferreira Gullar) O galo no salão quieto. Galo galo de ala...
Contrastes Contrastes (Augusto dos Anjos) A antítese do novo e do obsoleto, O Amor e a ...
A Máscara A Máscara (Augusto dos Anjos) Eu sei que há muito pranto na existência, Dore...
Cancion del mariquita Cancion del mariquita (Federico Garcia Lorca) El mariquita se peina en su p...

Deixe uma resposta