Os maus e os bons

Print Friendly, PDF & Email

Os maus e os bons (Bertold Brecht)

“Os maus temem tuas garras
Os bons se alegram de tua graça.
Algo assim
Gostaria de ouvir
Do meu verso.”

Publicações relacionadas

La cogida y la muerte La cogida y la muerte (Federico Garcia Lorca) La luna vino a la fragua con s...
Ode ao Tejo e a memória de Álv... Ode ao Tejo e a memória de Álvaro de Campos (Adolfo Casais Monteiro) E aqui e...
Pobres das Flores Pobres das Flores (Alberto Caeiro) ...
Não me fechem as portas Não me fechem as portas (Walt Whitman) Não me fechem as portas, orgulhosas b...

Deixe uma resposta