Página branca

Print Friendly, PDF & Email

Página branca (Arnaldo Antunes)

O inverno é eterno no pólo norte. Os dias dilatam no
verão. A água gira em sentido anti-horário nos ralos
das pias do japão. A patagônia fica ao norte do pólo
sul. A groenlândia fica ao sul do sul do sul da pata-
gônia. O mundo é redondo. Um país ao leste pode es-
tar a oeste se você for pelo caminho mais comprido.
Os carrinhos de aeroporto no brasil são empurrados,
como os carrinhos de bebê e os de supermercados. Os
carrinhos de aeroporto dos estados unidos são pu-
xados. Os chineses e os yanomamis e os tailandeses
e os ticuna e os bororo e os vietnamitas têm os olhos
puxados. Os relógios da suíça têm um ponteiro maios
que o outro, como os outros. As bússolas de marro-
cos têm um ponteiro, como as outras, só. A terra do
fogo é fria. A areia do saara é como a areia da praia,
mas fica longe do mar. O mar cerca todos os lugares.
O saara fica longe de qualquer lugar. As cidades
crescem mas os continentes continuam do mesmo
tamanho; crescem na maré baixa e encolhem na
maré cheia. A guiana francesa fica longe da frança.
A áfrica do sul é na áfrica. O equador fica no meio
do mapa. O hawai fica no meio do mar.

Publicações relacionadas

A uma prostituta respeitosa A uma prostituta respeitosa (Walt Whitman) Tranquilize-se, fique à vontade co...
Aurora Aurora (Federico Garcia Lorca) De “Poeta...
El Cómplice El Cómplice (Jorge Luis Borges) Me crucifican y yo debo ser la cruz y los cla...
Chove. É dia de Natal Chove. É dia de Natal (Fernando Pessoa) Chove. É dia de Natal. Lá para o No...

Deixe uma resposta