Nicolás Guillén

Caña

Print Friendly, PDF & Email

Caña (Nicolás Guillén)

De Sóngoro cosongo

El negro
junto al cañaveral.

El yanqui
sobre el cañaveral.

La tierra
bajo el cañaveral.

¡Sangre
que se nos va!

Publicações relacionadas

Galo Galo Galo Galo (Ferreira Gullar) O galo no salão quieto. Galo galo de ala...
Aceitarás o amor como eu o enc... Aceitarás o amor como eu o encaro ?... (Mário de Andrade) Aceitarás o amor co...
Ceticismo Ceticismo (Augusto dos Anjos) Desci um dia ao tenebroso abismo, Onde a dúvid...
A privada A privada (Bertold Brecht) É um lugar onde nos sentimos bem Tendo acima as e...

Deixe uma resposta