Haicai

Print Friendly, PDF & Email

Haicai (Paulo Leminski)

a estrela cadente
me caiu ainda quente
na palma da mão

cortinas de seda
o vento entra
sem pedir licença.

Publicações relacionadas

Primeiros anos Primeiros anos (Ferreira Gullar) Para uma vida de merda nasci em 1930 na ...
Arte poética Arte poética (Paul Verlaine) A Charles Mori...
Outros Outros (Oscar Wilde) "uma coisa não se torna necessariamente verdadeira por a...
Curriculum Curriculum (Mario Benedetti) El cuento es muy sencillo usted nace contemp...

Deixe uma resposta