Erra uma vez

Print Friendly, PDF & Email

Erra uma vez (Paulo Leminski)

nunca cometo o mesmo erro
duas vezes
já cometo duas três
quatro cinco seis
até esse erro aprender
que só o erro tem vez.

Publicações relacionadas

Andorinha Andorinha (Manuel Bandeira) Andorinha lá fora está dizendo: — "Passei o di...
Poesia 1970 Poesia 1970 (Paulo Leminski) Tudo o que eu faço Alguém em mim que eu desprez...
Infeliz Infeliz (Augusto dos Anjos) Alma viúva das paixões da vida, Tu que, na estra...
Desta vez não vai ter neve Desta vez não vai ter neve (Paulo Leminski) desta vez não vai ter neve como e...

Deixe uma resposta