Oração

Print Friendly, PDF & Email

Oração (Henry David Thoreau)

Senhor! Não vos peço riqueza menor
Do que a de não me decepcionar a mim;
Que em minha conduta eu possa voar tão alto
Quando percebo agora com estes olhos claros
Que minha mão fraca iguale minha fé segura,
E minha vida pratique mais do que conta minha língua.

Que minha conduta vil não demonstre,
Nem minhas linhas brandas,
Que eu não conhecia vosso propósito,
Nem sobrestimava vossos desígnios.

Publicações relacionadas

Tratado geral das grandezas do... Tratado geral das grandezas do ínfimo (Manoel de Barros) A poesia está guarda...
À Capela do Almeida À Capela do Almeida (Castro Alves) GRATO oásis do viajante, Terra de lindos ...
Afra Afra (Cruz e Souza) Ressurges dos mistérios da luxúria, Afra, ten...
Em lugar de uma carta Em lugar de uma carta (Vladmir Maiakowski) ...

Deixe uma resposta