Tão linda e serena e bela

Print Friendly, PDF & Email

Tão linda e serena e bela (Mário Quintana)

Coração que bate-bate…
Antes deixes de bater!
Só num relógio é que as horas
Vão passando sem sofrer.

Publicações relacionadas

A Perfeição A Perfeição (Cruz e Souza) A Perfeição é a celeste ciência Da cristalização ...
Poema da Gare de Astapovo Poema da Gare de Astapovo (Mário Quintana) O velho Leon Tolstoi fugiu de casa...
Carta ao Acaso Carta ao Acaso (Paulo Leminski) a carta do baralho grande gilete corta sem ...
Mágoas Mágoas (Augusto dos Anjos) Quando nasci, num mês de tantas flores, Todas mu...

Deixe uma resposta