Tão linda e serena e bela

Print Friendly, PDF & Email

Tão linda e serena e bela (Mário Quintana)

Coração que bate-bate…
Antes deixes de bater!
Só num relógio é que as horas
Vão passando sem sofrer.

Publicações relacionadas

Carnal e místico Carnal e místico (Cruz e Souza) Pelas regiões tenuíssimas da bruma ...
Sete poemas portugueses (6) Sete poemas portugueses (6) (Ferreira Gullar) Calco sob os pés sórdidos o mit...
A umas saudades A umas saudades (Gregório de Matos) Parti, coração, parti, navegai sem vos ...
Sou meu hóspede Sou meu hóspede (Mario Benedetti) Do livro "...

Deixe uma resposta