um bom poema

Print Friendly, PDF & Email

um bom poema (Paulo Leminski)

leva anos
cinco jogando bola,
mais cinco estudando sânscrito,
seis carregando pedra,
nove namorando a vizinha,
sete levando porrada,
quatro andando sozinho,
três mudando de cidade,
dez trocando de assunto,
uma eternidade, eu e você,
caminhando junto.

Publicações relacionadas

O tonel do ódio O tonel do ódio (Charles Pierre Baudelaire) Tradução de Alvaro Reis O ...
Sonhos de Aninha Sonhos de Aninha (Cora Coralina) Que a mesa esteja sempre posta para a oferta...
Cogitação Cogitação (Cruz e Souza) Ah! mas então tudo será baldado?! Tudo desfeito e t...
Pronominais Pronominais (Oswald de Andrade) Dê-me um cigarro Diz a gramática Do profe...

Deixe uma resposta