Amor, então, também, acaba?

Print Friendly, PDF & Email

Amor, então, também, acaba? (Paulo Leminski)

do livro “Caprichos e Relaxos.”

Amor, então,
também, acaba?
Não, que eu saiba.
O que eu sei
é que se transforma
numa matéria-prima
que a vida se encarrega
de transformar em raiva.
Ou em rima.

Publicações relacionadas

A casada infiel A casada infiel (Federico Garcia Lorca) (A Lydia ...
Senhora Dona Bahia Senhora Dona Bahia (Gregório de Matos) Senhora Dona Bahia, nobr...
Velhas tristezas Velhas tristezas (Cruz e Souza) Diluências de luz, velhas tristezas ...
A Espantosa Realidade das Cous... A Espantosa Realidade das Cousas (Alberto Caeiro) A espantosa realidade...

Deixe uma resposta