Amor, então, também, acaba?

Print Friendly, PDF & Email

Amor, então, também, acaba? (Paulo Leminski)

do livro “Caprichos e Relaxos.”

Amor, então,
também, acaba?
Não, que eu saiba.
O que eu sei
é que se transforma
numa matéria-prima
que a vida se encarrega
de transformar em raiva.
Ou em rima.

Publicações relacionadas

Guerra Guerra (Augusto dos Anjos) Guerra é esforço, é inquietude, é ânsia, é transpo...
La biblioteca total La biblioteca total (Jorge Luis Borges) El capricho o imaginación o utopía de...
Preceito 03 Preceito 03 (Gregório de Matos) Pois no que toca a guardar dias Santos, e...
Infâncias Infâncias (Mario Benedetti) Do livro "Pergun...

Deixe uma resposta