Impressionista

Print Friendly, PDF & Email

Impressionista (Adélia Prado)

Uma ocasião,
meu pai pintou a casa toda
de alaranjado brilhante.
Por muito tempo moramos numa casa,
como ele mesmo dizia,
constantemente amanhecendo.

Publicações relacionadas

Serpentes de cabelos Serpentes de cabelos (Augusto dos Anjos) A tua trança negra e desmanchad...
No Entardecer Passa uma Borboleta (Alberto Caeiro) ...
Acho tão Natural que não se Pe... Acho tão Natural que não se Pense (Alberto Caeiro) ...
Ter ou não ter namorado? Ter ou não ter namorado? (Carlos Drummond de Andrade) Quem não tem namorado ...

Deixe uma resposta