Impressionista

Print Friendly, PDF & Email

Impressionista (Adélia Prado)

Uma ocasião,
meu pai pintou a casa toda
de alaranjado brilhante.
Por muito tempo moramos numa casa,
como ele mesmo dizia,
constantemente amanhecendo.

Publicações relacionadas

Quiero, a la sombra de un ala Quiero, a la sombra de un ala (José Martí) (La niña de Guatemala) ...
Afra Afra (Cruz e Souza) Ressurges dos mistérios da luxúria, Afra, ten...
Há Poetas que são Artistas Há Poetas que são Artistas (Alberto Caeiro) ...
Passei ontem a noite junto del... Passei ontem a noite junto dela (Álvares de Azevedo) Passei ontem a noit...

Deixe uma resposta