Desta vez não vai ter neve

Print Friendly, PDF & Email

Desta vez não vai ter neve (Paulo Leminski)

desta vez não vai ter neve como em petrogrado aquele dia
o céu vai estar limpo e o sol brilhando
você dormindo e eu sonhando

nem casacos nem cossacos como em petrogrado aquele dia
apenas você nua e eu como nasci
eu dormindo e você sonhando

não vai mais ter multidões gritando como em petrogrado
[aquele dia
silêncio nós dois murmúrios azuis
eu e você dormindo e sonhando

nunca mais vai ter um dia como em petrogrado aquele dia
nada como um dia indo atrás do outro vindo
você e eu sonhando e dormindo.

Publicações relacionadas

Velho sobrado Velho sobrado (Cora Coralina) Um montão disforme. Taipas e pedras, abraçada...
A blusa amarela A blusa amarela (Vladmir Maiakowski) Do veludo de minha voz Umas calças pret...
Cristo de Bronze Cristo de Bronze (Cruz e Souza) Ó Cristos de ouro, de marfim, de prata, ...
A minha Mãe A minha Mãe (Bertold Brecht) Tradu...

Deixe uma resposta