Feito Adão de manhã cedo

Print Friendly, PDF & Email

Feito Adão de manhã cedo (Walt Whitman)

Feito Adão de manhã cedo
deixando o seu abrigo a caminhar
refeito pelo sono
– olhem por onde eu passo,
escutem minha voz, cheguem mais perto,
toquem em mim, encostem
as palmas de suas mãos em meu corpo
quando eu passar:
não precisam ter medo do meu corpo.

Publicações relacionadas

Vozes da Morte Vozes da Morte (Augusto dos Anjos) Agora, sim! Vamos morrer, reunidos, Tam...
Digo sim Digo sim (Ferreira Gullar) Poderia dizer que a vida é bela, e muito, e qu...
Suave Mari Magno Suave Mari Magno(Machado de Assis) Lembra-me que, em certo dia, Na rua, a...
O Coveiro O Coveiro (Augusto dos Anjos) Uma tarde de abril suave e pura Visitava eu ...

Deixe uma resposta