Lápide

Print Friendly, PDF & Email

Lápide (Paulo Leminski)

Lápide 1

epitáfio para o corpo

Aqui jaz um grande poeta.
Nada deixou escrito.
Este silêncio, acredito
são suas obras completas.

————————————-
Lápide 2

epitáfio para a alma

aqui jaz um artista
mestre em disfarces

viver
com a intensidade da arte
levou-o ao infarte

deus tenha pena
dos seus disfarces.

Publicações relacionadas

Poemas breves Poemas breves (Mário Quintana) O luar O luar, é a luz do Sol que está son...
Um homem com uma dor Um homem com uma dor (Paulo Leminski) um homem com uma dor é muito ma...
Festival Festival (Augusto dos Anjos) Para Jônatas Costa Címbalo...
Dos milagres Dos milagres (Mário Quintana) O milagre não é dar vida ao corpo extinto, Ou ...

Deixe uma resposta