Aço e flor

Print Friendly, PDF & Email

Aço e flor (Paulo Leminski)

Quem nunca viu
que a flor, a faca e a fera
tanto fez como tanto faz,
e a forte flor que a faca faz
na fraca carne,
um pouco menos, um pouco mais,
quem nunca viu
a ternura que vai
no fio da lâmina samurai,
esse, nunca vai ser capaz.

Publicações relacionadas

Brisa Brisa (Manuel Bandeira) Vamos viver no Nordeste, Anarina. Deixarei aqui meu...
Vai Alta no Céu Vai Alta no Céu (Alberto Caeiro) Vai alta no céu a lua da Primavera Penso em ...
Pouco me Importa Pouco me Importa (Alberto Caeiro) Pouco me importa. Pouco me importa o ...
Aurora Aurora (Federico Garcia Lorca) De “Poeta...

Deixe uma resposta