Noite de São João

Print Friendly, PDF & Email

Noite de São João (Alberto Caeiro)

Noite de S. João para além do muro do meu quintal.
Do lado de cá, eu sem noite de S. João.
Porque há S. João onde o festejam.
Para mim há uma sombra de luz de fogueiras na noite,
Um ruído de gargalhadas, os baques dos saltos.
E um grito casual de quem não sabe que eu existo.

Publicações relacionadas

A donzela e o fantasma –... A donzela e o fantasma - VII (Oscar Wilde) CAPÍTULO VI Daí...
Bárbaro Bárbaro (Mário de Sá Carneiro) Enroscam-se-lhe ao trono as serpentes doiradas...
As litanias de Satã (2) As litanias de Satã (2) (Charles Pierre Baudelaire) ...
O Domador O Domador (Mário de Andrade) Alturas da Avenida. Bonde 3. Asfaltos. Vastos, ...

Deixe uma resposta