Noite de São João

Print Friendly, PDF & Email

Noite de São João (Alberto Caeiro)

Noite de S. João para além do muro do meu quintal.
Do lado de cá, eu sem noite de S. João.
Porque há S. João onde o festejam.
Para mim há uma sombra de luz de fogueiras na noite,
Um ruído de gargalhadas, os baques dos saltos.
E um grito casual de quem não sabe que eu existo.

Publicações relacionadas

Encontro de rua Encontro de rua (Charles Pierre Baudelaire) Tradução de Paulo César Pimente...
A Rua dos Cataventos A Rua dos Cataventos (Mário Quintana) Da vez primeira em que me assassinaram,...
Quem se defende Quem se defende (Bertold Brecht) Quem se defende porque lhe tiram o ar Ao lh...
Debaixo do Tamarindo Debaixo do Tamarindo (Augusto dos Anjos) No tempo de meu Pai, sob estes galho...

Deixe uma resposta