Noite de São João

Print Friendly, PDF & Email

Noite de São João (Alberto Caeiro)

Noite de S. João para além do muro do meu quintal.
Do lado de cá, eu sem noite de S. João.
Porque há S. João onde o festejam.
Para mim há uma sombra de luz de fogueiras na noite,
Um ruído de gargalhadas, os baques dos saltos.
E um grito casual de quem não sabe que eu existo.

Publicações relacionadas

Elevação Elevação (Charles Pierre Baudelaire) Tradução de Eduardo Guimarães So...
Refletindo sobre o inferno Refletindo sobre o inferno (Bertold Brecht) Refletindo, ouço dizer, sobre o i...
Leilão de jardim Leilão de jardim (Cecília Meireles) Quem me compra um jardim com flores? ...
É Ela! É Ela! É Ela! É Ela!... É Ela! É Ela! É Ela! É Ela! (Álvares de Azevedo) É ela! É ela! — murmurei tre...

Deixe uma resposta