O bicho

Print Friendly, PDF & Email

O bicho (Manuel Bandeira)

Vi ontem um bicho
Na imundície do pátio
Catando comida entre os
detritos.

Quando achava alguma
coisa,
Não examinava nem
cheirava:
Engolia com voracidade.

O bicho não era um cão,
Não era um gato,
Não era um rato.

O bicho, meu Deus, era
um homem.

Publicações relacionadas

Noite de São João Noite de São João (Alberto Caeiro) Noite de S. João para além do muro do meu...
Preceito 08 Preceito 08 (Gregório de Matos) As culpas, que me dão nele, são, que em t...
Para un príncipe enano Para un príncipe enano (José Martí) Para un príncipe enano !Venga mi caballer...
Versos de orgulho Versos de orgulho (Florbela Espanca) O mundo quer-me mal porque ninguém Tem ...

Deixe uma resposta